Guedes prometeu apoio à tramitação da PEC da regra de ouro, dizem deputados

Lorenna Rodrigues - 11/09/2019 13:53


O ministro da Economia, Paulo Guedes, entrará em campo para fazer avançar a tramitação da PEC da Regra de Ouro (438/18), de acordo com parlamentares que se reuniram com o ministro nesta quarta-feira, 11. Segundo os deputados Pedro Paulo (DEM-RJ) e Felipe Regoni (PSB-ES) - pela ordem, autor e futuro relator da proposta na comissão especial - Guedes se comprometeu a falar com os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado para reforçar a necessidade da proposta. O texto prevê o acionamento de gatilhos para reduzir despesas obrigatórias quando a regra de ouro estiver ameaçada.

A intenção dos deputados é acelerar a tramitação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), passo necessário para a instalação da comissão especial sobre o assunto.

Paulo reclamou que falta empenho do governo para que a votação aconteça. "Hoje, o projeto foi retirado de votação da CCJ porque estava sem o líder do governo. Se o governo não der sinalização forte sobre a importância do texto, não vai", afirmou.

Os deputados estão atuando em conjunto com técnicos do governo - são 25 técnicos envolvidos na proposta - no aprimoramento da PEC. "O ministro está absolutamente convencido dos efeitos positivos da PEC e da urgência dela. Aprovando a PEC, os gatilhos são acionados imediatamente porque a regra de ouro já estourou", afirmou.

Segundo Rigoni, a PEC tem o efeito de liberar R$ 102 bilhões em despesas discricionárias no orçamento do ano que vem. Isso porque o texto prevê que, quando a regra de ouro estiver prestes a ser descumprida, sejam acionados gatilhos como a redução de jornada de servidores, desvinculação de fundos e desindexação de despesas.

Além disso, também serão previstas a redução do Sistema S e de incentivos ficais, de gastos com publicidade e com servidores comissionados. "Com a PEC, o ajuste terá que ser feito e a resistência formal fica menor", afirmou Rigoni. "Hoje o parlamento discute só 4% do Orçamento, o que sobe para 8% a 10% nos próximos dois anos com a PEC", completou.

Os deputados reforçaram que a PEC e o chamado pacto federativo, prometido por Guedes para redistribuir os recursos do orçamento com os Estados, são projetos complementares. "A aprovação da PEC é um passo significativo para o pacto federativo", completou Paulo.

Segundo eles, apesar de estarem sendo discutidos ajustes no texto, não existe possibilidade de flexibilizar o teto de gastos e a PEC será utilizada apenas para atacar as despesas obrigatórias. "São só mecanismos para quebrar o piso, nenhum fura o teto", afirmou.

Seja o primeiro a comentar esta notícia.


Participe! comente esta notícia
informe o seu nome.
@
por favor um e-mail válido
T

Veja Também

Agricultura: Brasil autoriza importação de uva e alho do Egito

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, informou hoje que, após o Brasil ter conseguido, ontem (14), a abertura do mercado do Egito para produtos...

15/09/2019 11:13
Yang Wanming: O objetivo de Washington é usar bullying e pressão

A China não quer a guerra comercial com os Estados Unidos, mas tampouco a teme. Na verdade, segundo Yang Wanming, embaixador da China no Brasil, a...

15/09/2019 08:43
Afinal, o que a Amazon quer no país?

Em sete anos no País, a Amazon vem fazendo uma expansão sem pressa. Começou com livros digitais, chegou aos físicos, abriu novas categorias e um centro...

15/09/2019 08:35
Bikeboys rodam 12 horas por dia e 7 dias por semana para ganhar R$ 936

Samuel Marques sai às 9h do Capão Redondo para chegar ao trabalho, na Vila Olímpia, por volta das 10h. Vai de bicicleta, com uma caixa térmica de 45...

15/09/2019 08:28

Últimas Notícias

Carro Express

Renault Kwid Outsider, a versão top do subcompacto que mais vende

Não é à toa que o Renault Kwid vem sendo o preferido dos consumidores que buscam um carro pequeno, com vocação...

15/09/2019 18:04

Esportes

Guarulhos sofre virada em casa e precisa vencer em São José para avançar na 4ª Divisão

O Guarulhos se complicou na 4ª Divisão do Campeonato Paulista, ao perder, de virada, para o Fernandópolis por 2 a 1, no...

15/09/2019 13:14

Cidades

Carro capota e fica destruído no Jardim Vila Galvão

O GuarulhosWeb recebeu imagens de um carro capotado e bem avariado na esquina das Ruas Diogo Botelho com a Princesa Izabel, no Jardim Vila...

15/09/2019 12:17

Policial

Motorista embriagado tenta fugir, mas é pego pela polícia na Rodovia Ayrton Senna

Um motorista que dirigia pela Rodovia Ayrton Senna, altura do KM 28, 5, em Guarulhos, na noite deste sábado, 14/09, por volta das 20h20,...

15/09/2019 10:58