RESENHA GWEB - Projeto Gemini vale apenas pela novidade tecnológica

Denis Le Senechal Klimiuc, especial para o GuarulhosWeb - 10/10/2019 11:16

asec de Guarulhosweb
Ang Lee é um diretor renomado, que levou às telonas filmes tão diversos quanto importantes como “Razão e Sensibilidade”, “O Tigre e o Dragão”, “O Segredo de Brokeback Mountain” e “As Aventuras de Pi”. Em seu repertório, estão obras que apresentam ao espectador uma história sob pontos de vista distintos, que costumam fugir do lugar comum. Mas neste “Projeto Gemini” o diretor parece não ter se preocupado tanto com a história apresentada.
 
Pois o roteiro é simples: o melhor atirador do mundo está prestes a se aposentar, o que incomoda o diretor de uma instituição duvidosa homônima ao título do filme. Com isso, o protagonista precisa fugir de potenciais ameaças junto à agente que havia se infiltrado em sua vida para ficar de olho nele. Mas a fuga precisa ser mais esperta do que parece, pois, o assassino contratado para eliminar o protagonista é nada mais do que um clone seu. E a história não sai disso.
 
Para a sorte do espectador, porém, há a apresentação de duas importantes tecnologias, as quais farão a diferença para futuras produções daqui em diante. A primeira é a forma com a qual o filme foi feito, com 60 fps (frames por segundo), muito mais do que os habituais em qualquer produção, 24 fps. O resultado é um aspecto hiper-realista com cores vibrantes, quase cristalinas. 
 
A outra novidade é o avanço em relação à recriação de rostos em tela. Cineastas como Robert Zemeckis, James Cameron e até a Marvel tentaram efetuar maquiagens digitais em personagens, seja para dar aspectos cartunescos ou causar a impressão de envelhecimento ou rejuvenescimento. Aqui o diretor fica com a segunda opção. Em ambientes cuja luz é artificial, o resultado é primoroso. Mas à luz natural, não.
 
Isso quer dizer que ambos os avanços tecnológicos podem não ser o suficiente para estimular o espectador a assistir a este filme no cinema. Caso você seja uma destas pessoas desestimuladas, não se sinta culpado. O filme deixa a desejar justamente porque peca em apresentar um roteiro raso, sem grandes ambições, que podem entediar quem o assiste. É claro que um diretor do calibre de Lee não deixaria tudo se esvair dessa forma, o que significa que a tensão das cenas de ação é genuína, e a agilidade dos personagens (de carne e osso ou não) é uma ótima distração.
 
Com quase duas horas de duração, o filme prende muito bem em momentos pontuais, mas é uma pena que não seja nada além de algumas boas montagens de ação. E nem o Will Smith e o seu carisma literalmente em dobro conseguem transformar algo em memorável
 
Opinião Gweb
Nota do filme (de 0 a 5): 2
Recomendado? Mais ou menos. Vale pela nova tecnologia apresentada, mas nada além disso.
Onde assistir: Circuito Cinemas - Shopping Bonsucesso (Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, 5308 - Jardim Albertina)
 
Serviço
Projeto Gemini
Ano: 2019
País: EUA
Duração: 117 min
Direção: Ang Lee
Classificação: 14 anos
 

Seja o primeiro a comentar esta notícia.


Participe! comente esta notícia
informe o seu nome.
@
por favor um e-mail válido
T

Veja Também

RESENHA GWEB - ´Doutor Sono´ é presente aos fãs de ´O Iluminado´

Os livros de Stephen King entraram no imaginário popular há muitos anos. Dono de histórias que vão do terror de...

12/11/2019 14:32
RESENHA GWEB - A Família Addams volta sem muita novidade

A onda de nostalgia nos cinemas também está alcançando os filmes infantis, sobretudo as animações, como é o...

01/11/2019 14:53
RESENHA GWEB - 10 anos depois, Zumbilândia volta com muito a mostrar

Desde que estreou, em 2009, ?Zumbilândia? se tornou uma das boas referências da cultura pop quando o assunto é o...

28/10/2019 19:07

Últimas Notícias

Policial

GCMs são presos sob suspeita de matar jovem após briga em bar no Paraventi

Um jovem de 23 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira, 15, após um desentendimento com seguranças de uma casa noturna, no...

16/11/2019 16:12

Economia

Operação em Guarulhos ajuda Sabesp a dobrar lucro no 3º trimestre na comparação anual

Segundo reportagem publicada pela revista Exame, o lucro da Sabesp mais que dobrou no terceiro trimestre deste ano em comparação com o...

16/11/2019 09:27

Esportes

Ginástica rítmica encerra sua participação com duas medalhas

Nesta sexta-feira, 15/11, a ginasta Isabella Harumi garantiu o bronze na disputa das mãos livres e encerrou a participação da...

15/11/2019 20:30