Para ex-líder do governo no Congresso, quem gosta de cargo é Eduardo

Daniel Galvão - 20/10/2019 19:24


A ex-líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), reagiu neste domingo, 20, aos ataques feitos pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) feitos neste sábado, 19, em transmissão ao vivo pelas redes sociais. Em live no YouTube, Joice afirmou que não tem "nada a ver com cargo" nem com "rachadinha". "Olhe, meu amigo, quem gosta de cargo é você, é a turminha aí", respondeu, à crítica de Eduardo Bolsonaro de que ela perdeu 30 cargos na liderança do governo no Congresso.

Joice afirmou que das 30 vagas da liderança não preencheu "nem meia dúzia". A ex-líder do governo no Congresso afirmou também que abriu mão de ser presidente da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara para ceder a função a outro partido e, assim, permitir que o PSL presidisse a Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (Creden) com Eduardo Bolsonaro.

"Demos a Creden para ele para ele tivesse algum tipo de protagonismo. Senão, ia ficar chato o filho do presidente não ter nenhum protagonismo na Câmara, porque nunca teve", disse. "Eu não vou mentir, não vou enganar e não vou passar a mão na cabeça de moleque mimado porque eu trabalhei mais do que qualquer um dentro do PSL para o presidente da República", prosseguiu. Ela disse que é experiente na "arte de engolir sapo", mas que há limite.

Campanha

A ex-líder acentuou que há uma "campanha orquestrada" contra ela e questionou se há dinheiro público envolvido. Joice afirmou que seguirá em frente como "pessoa honesta, decente, trabalhadora" e que nunca fez "negociata". "Eu continuo e vou continuar trabalhando para o Brasil. Vou continuar seguindo com a minha espinha ereta e o meu coração tranquilo."

A deputada do PSL de São Paulo afirmou que é possível o País dar certo, mesmo com essas "associações de crises nos últimos nove meses, uma atrás da outra". "Mesmo com aliados sendo fritos, mesmo com campanhas na internet para destruir reputações, igualzinho o PT fazia", apontou. Joice apregoou que "esse tipo de ação" será "deixada de lado" para a construção "de um grande Brasil, com gente séria e honesta, não com um bando de covarde, vassalo, capacho".

Ela argumentou ainda que tem o direito de divergir. "Se não eu não vivo numa democracia. Aí, (se não puder discordar) é ditadura, não é democracia." Joice afirmou que as pessoas não podem ser perseguidas, achacadas nem ameaçadas porque divergem.

A deputada do PSL comentou ainda a saída do ex-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República Gustavo Bebianno. "Não concordei com a forma como o Bebianno foi sacado do governo. Eu disse isso ao presidente; foi falta de respeito, tentei fazer uma composição para que houvesse uma tranquilidade." De acordo com Joice, os aliados estão sendo transformados em inimigos.

Seja o primeiro a comentar esta notícia.


Participe! comente esta notícia
informe o seu nome.
@
por favor um e-mail válido
T

Veja Também

Paróquia Santo Antônio do Limão comemora 80 anos com programação especial

Fundada em 19 de novembro de 1939, a Paróquia Santo Antônio do Limão completa 80 anos no próximo dia 19. Para marcar a importância da data, foi...

16/11/2019 21:27
Na Vila, Bolsonaro veste camisa do Santos e divide torcida em clássico paulista

O presidente da República, Jair Bolsonaro, dividiu a torcida do Santos ao comparecer, neste sábado, 16, na Vila Belmiro, para assistir ao clássico...

16/11/2019 21:02
Fala de Lula invoca a polarização, diz Temer, em congresso do MBL

O ex-presidente da República Michel Temer (MDB) criticou neste sábado, 16, declarações do também ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o PT não...

16/11/2019 21:01

Últimas Notícias

Policial

GCMs são presos sob suspeita de matar jovem após briga em bar no Paraventi

Um jovem de 23 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira, 15, após um desentendimento com seguranças de uma casa noturna, no...

16/11/2019 16:12

Economia

Operação em Guarulhos ajuda Sabesp a dobrar lucro no 3º trimestre na comparação anual

Segundo reportagem publicada pela revista Exame, o lucro da Sabesp mais que dobrou no terceiro trimestre deste ano em comparação com o...

16/11/2019 09:27

Esportes

Ginástica rítmica encerra sua participação com duas medalhas

Nesta sexta-feira, 15/11, a ginasta Isabella Harumi garantiu o bronze na disputa das mãos livres e encerrou a participação da...

15/11/2019 20:30