Argentina e Uruguai empatam amistoso com gols de Cavani, Agüero, Suárez e Messi

por Guarulhosweb - 18/11/2019 18:45


Antes do pontapé inicial, Argentina e Uruguai posaram para fotos unidas e em sinal de companheirismo, em Tel-Aviv (Israel). Mas bastou o apito inicial para que as seleções envolvidas no clássico sul-americano mostrassem que o amistoso seria encarado como um jogo oficial. O empate por 2 a 2 foi justo para um Uruguai, mais organizado, diante de uma Argentina que vai ganhando corpo com o trabalho do técnico Lionel Scaloni.

Os quatro gols do Clássico do Rio da Prata foram marcados por estrelas internacionais: Cavani e Suárez, pelo Uruguai, e Aguero e Messi, pela Argentina, que vinha de vitória sobre a seleção brasileira, por 1 a 0, na última sexta-feira.

Várias faltas duras foram registradas no primeiro tempo, com três cartões amarelos sendo distribuídos. Messi sofreu forte marcação, mas mesmo assim a Argentina foi melhor, ao concentrar o início de suas jogadas pelas laterais.

Mas uma bobeada na marcação argentina não foi desperdiçada pelos uruguaios. Torreira descobriu Suárez pela direita e o atacante do Barcelona tocou rápido para a chegada fulminante de Cavani, que, mesmo visivelmente fora de forma, abriu o placar: 1 a 0, aos 33 minutos.

Em desvantagem no placar, a pressão argentina aumentou. Dybala chegou a empatar, aos 38 minutos, mas o gol foi anulado por causa de um toque de mão na bola. O Uruguai ajustou uma retranca quase intransponível, responsável pelos 13 jogos consecutivos sem derrota do time de Óscar Tabárez - não perde no tempo regulamentar desde 20 de novembro de 2018, quando perdeu para a França.

O panorama foi o mesmo no segundo tempo. Detalhe: Messi, mais agitado que o normal, se apresentava para iniciar todas as jogadas. O esforço do craque foi recompensado, aos 17 minutos. Sua cobrança de falta pela esquerda foi na cabeça de Aguero: 1 a 1. Mas não deu tempo nem para comemorar. Suárez, em cobrança de falta, colocou o Uruguai mais uma vez na frente do placar: 2 a 1, aos 23 minutos.

A partir daí, só deu Argentina no ataque. Aguero (duas vezes) e Dybala tiveram boas chances para marcar, mas o gol de empate só veio aos 45 minutos, em cobrança de pênalti de Messi, premiando mais uma boa atuação do craque, que havia dado o passe para o gol de Agüero, além de ter distribuído dribles e toques de efeito.

Seja o primeiro a comentar esta notícia.


Participe! comente esta notícia
informe o seu nome.
@
por favor um e-mail válido
T

Veja Também

Com passagens por Santos e Paraná, lateral Guilherme Santos negocia com a Ponte

À procura de opções na lateral-esquerda, Guilherme Santos é um dos nomes na lista de reforços da Ponte Preta para 2020. O jogador confirmou nesta...

10/12/2019 13:50
Em despedida do Palmeiras, Prass indica Mattos como responsável por sua saída

A história de sete anos, três títulos nacionais e 274 jogos pelo Palmeiras terminou nesta terça-feira para Fernando Prass. O goleiro de 41 anos...

10/12/2019 13:13
Astro da seleção francesa de vôlei é preso em MG por importunação sexual

O astro da seleção francesa masculina de vôlei Earvin NGapeth, de 28 anos, foi preso na madrugada de segunda-feira, em casa noturna de Belo Horizonte...

10/12/2019 11:55

Últimas Notícias

Cidades

Quase 460 detentos de Guarulhos realizam Exame Nacional do Ensino Médio

O mês de dezembro marca a possibilidade de mudança de vida por meio da educação de pessoas presas: nos dias 10 e 11, dentre...

10/12/2019 14:05

Cidades

Prefeitura leva 400 pontos de iluminação para o Sítio São Francisco e o Residencial Bambi

A Prefeitura, por meio do programa Ilumina Guarulhos, do Departamento de Iluminação Pública (DIP), iniciou nesta segunda-feira,...

10/12/2019 13:27

Cidades

Sem radioterapia, Hospital Geral, gerido pelo Governo do Estado, dispensa 118 pacientes

O aparelho de radioterapia do Hospital Geral de Guarulhos (HGG), administrado pela gestão de João Doria, ficou quebrado por três...

10/12/2019 13:11